sexta-feira, 30 de julho de 2010



ESPERANÇA

Leitura Bíblica
Ezequiel 37. 1-14

_____________________________

Porei o meu Espírito em vocês e
vocês viverão [...] então,
vocês saberão que eu,
o Senhor, falei e fiz
Ez 37.14
_____________________________

   O que o povo de Judá, exilado  na Babilônia, estava pensando? "Nossos ossos se secaram e nossas esperança desvaneceu-se; fomos exterminados" (v 11). Para eles, o exílio foi um golpe mortal, pois estavam longo de sua terra e convivendo com seus inimigos. Você pode imaginar o que eles sentiam?
Deus já decidira livrar o seu povo do cativeiro babilônico e levá-lo de volta à sua própria terra, promovendo uma restauração nacional: "Porei o meu Espírito em vocês e vocês viverão, e eu os estabelecerei em sua própria terra" (v14). Mas o povo ainda não sabia disso e, então, Deus usou o profeta para mostrar o que aconteceria. A visão da qual Ezequiel participou, de forma dramática e espetacular, era uma figura do milagre que o Senhor estava para realizar por intermédio de sua Palavra e de seu Espírito. Leia novamente o texto e observe, os ossos se ajuntando no esqueleto (v 7); a carne e a pele surgindo (v 8); a vida entrando nos corpos, resultados em  um exército de seres vivos (v 10). Tudo isto sugere unidade, movimento crescimento, vida e poder, em lugar de isolamento, sequidão, desespero e submissão.
   E você, como se sente? Deprimido, frustrado, decepcionado com o seu grupo cristão ou com o cristianismo mundial? Pode parecer que estamos em uma situação fatal, mas há esperança! Deus concedeu o Espírito Santo a todo aquele que aceita o sacrifício de Cristo e entrega  sua vida a ele: "[Vocês] receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em [sua cidade] como em [todo o lugar] e até os confins da terra" (At 1.8). Seu Espírito nos vivifica e nos ajuda a viver conforme a vontade de Deus.
Que o Senhor, por meio de sua Palavra, abençõe a sua vida em cada uma de suas necessidades físicas e espirituais. - EOL

"Aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças"
Is 40.31a





Sexta-Feira, 31 de julho de 2010

 

ANUNCIAR

Leitura Bíblica
Ezequiel 2.1-10

__________________________________

Você lhe falará as minhas palavras,
quer ouçam quer deixem de ouvir,
pois são rebeldes
(Ez 2.7)
__________________________________

   O profeta Ezequiel teve uma visão por meio da qual Deus o mandava anunciar a sua Palavra aos israelitas, povo rebelde que abandonou o Senhor por muitos anos. A missão de Ezequiel era falar a Deus a toda aquela nação, não importando se o ouviriam ou não, pois ele seria usado pelo Senhor.
   Da mesma forma como Deus enviou o profeta para anunciar sua mensagem, ele também nos envia para isso. Em Mateus 28.19-20ª, Jesus diz: "Vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que lhes ordenei". Muitas vezes não falamos de Deus a alguém justamente porque tememos não ser ouvidos  ou chegamos a caracterizar determinada pessoa como um "caso perdido" até mesmo para Deus. Ai deixar de anunciar a mensagem divina, deixamos de cumprir um mandamento de Deus e esquecemos que a honra é dele e não nossa. Portanto,nosso dever é fazer a nossa parte sem medo e deixar que ele comece a agir.
   Nos versículos 8 e 9 da leitura bíblica de hoje, vemos que Deus ofereceu um rolo de um livro para Ezequiel comer. Ao fazê-lo, ele ficou cheio da Palavra (assimilou a mensagem), preparando-se assim para a sua missão. Semelhantemente, Deus nos deu a sua Palavra por meio da Bíblia, que serve como nosso alimento espiritual diário e nos prepara para falar a respeito dele aos que estão ao nosso redor. Ele não nos deixa sozinhos e, se colocarmos à disposição, Deus pode usar-nos maravilhosamente pra transformar a vida até mesmo de pessoas que consideramos rebeldes - ACG

Divulgue suas esperiências com Deus!

Pão Diário





Quinta-feira, 29 de julho de 2010



AMIGO

Leitura Bíblica
Provérbios 3.27-32

__________________________________

O Senhor detesta o perverso, mas o
justo é seu grande amigo
(Pv 3.32)
___________________________________

   Se nosso objetivo na vida é agradar a Deus, temos de lutar constantemente contra nós mesmos: nossa vontade, nossas convicções, preconceitos, idéias e interpretações, nossos gostos pessoais, nosso temperamento. A vida cristã é um sequência de aprendizados em razão das transformações operadas pelo Espírito Santo de Deus que, se permitirmos, vai moldando cada cristão de acordo com o caráter de Cristo. Mas infelizmente ainda erramos muito neste processo, quando nossa natureza carnal prevalece sobre a nova natureza que recebemos de Deus. O texto de hoje mostra cinco atitudes contrárias à natureza humana, mas necessárias para agradar a Deus e ter uma boa convivência com os outros:
  1- Fazer o bem, sempre que possível - mas nossa tendência é praticar o mal ou então agradar apenas a nós mesmos. Há tantas pessoas necessitadas que parece mais fácil desviar o olhar e seguir o caminho.
  2- Ajudar hoje - costumamos adiar atitudes que beneficiarão outros para não perder nosso precioso tempo.Mas e se a pessoa não voltar amanhã?
  3- Não planejar o mal - exibimos nossos bens para que os outros tenham inveja; buscamos nosso próprio benefício sem considerar a necessidade dos outros, dizemos as piores ofensas quando queremos machucar alguém - muitas vezes, conscientemente.
  4 - Não acusar - como é fácil julgar alguém precipidamente! Pior é quando as acusações são resultado do ódio, raiva ou vingança - ou seja, não necessariamente o que pensamos da pessoa.
  5 - Não invejar o violento - temos a impressão de que apenas os maus se dão bem na vida e queremos ser como eles. Nossa natureza pecaminosa nos torna perversos e nosso pecado faz com que Deus se afaste de nós. Mas podemos tornar-nos amigos de Deus, crendo no sacrifício de seu Filho por nós e permitindo que o Espírito Santo transforme nossas características para que possamos fazer o bem. Você já tomou essa decisão? - VWR

Só quem é amigo de Deus;
consegue realmente praticar o bem

Pão Diário







Quarta-feira, 28 de julho de 2010

SEMELHANTE

Leitura Bíblica

Efésios 4.1-16

_______________________________

Aqueles que de antemão conheceu,
também os predestinou para
serem à imagem de seu
Filho, a fim de que
Ele seja o primogênito
entre muitos irmãos
(Rm 8.29)
_______________________________

   No momento em que uma pessoa aceita Jesus como o seu Salvador, ela se torna sua seguidora e deve buscar viver de tal maneira que se torne semelhante a Jesus. Este é um propósito eterno de Deus: que o cristão seja como seu Filho, e isso se processa aqui e agora. A igreja de Éfeso, a quem Paulo escreveu a carta da qual lemos hoje, era formada de pessoas que se haviam convertido do paganismo. Naquela cidade havia um grande templo à deusa Diana, onde se realizavam as mais esquisitas adorações. Paulo escreve a esses irmãos que, se realmente aceitaram Jesus e nele foram instruídos, deveriam abandonar a maneira pela qual viviam antes (Ef 4.21-24). As pessoas sem Cristo passam a vida pensando nos prazeres que o mundo oferece. Às vezes essa procura por prazer chega ao ridículo. Na época das compras de Natal, uma loja fez uma grande liquidação de DVDs. Uma mulher chegou muito cedo e foi a primeira da fila. Quando a porta da loja foi aberta, ela foi atropelada pela multidão que correu apressada para a banca de DVDs. Ela caiu no chão e ficou inconciênte até ambulância chegar. Apenas uma ou duas pessoas tentaram ajudá-la, todas as outras estavam ao redor da mesa de DVDs escolhendo os saldos! Para elas o mais importante, o assunto urgente e prioritário, era a compra de um DVD mais barato que lhes ofereceria um prazer passageiro. O cristão deve pensar que é um representante de Jesus onde estiver e como tal desejar ser como ele.
   Os prazeres do mundo são abandonados para dar lugar somente ao Senhor Jesus, porque um dia você o verá como ele é (1Jo 3.2) - JG

Conheça Jesus e copie seu estilo de vida!

Pão Diário











Terça-feira, 27 de julho de 2010




AROMA AGRADÁVEL

Leitura Bíblica
Levítico 1. 1-9

____________________________

Cristo nos amou e se entregou por
nós como oferta e sacrifício de
aroma agradável a Deus
(Ef 5.2)
____________________________

   O holocausto era um dos tipos de sacrifício que o povo de Israel deveria trazer ao tabernáculo e, mais tarde, ao templo. Ele consistia em entregar um animal sem defeito para ser morto e colocado sobre o altar, a fim de que fosse inteiramente consumido pelo fogo. Era uma oferta voluntária, de adoração e para buscar o favor de Deus. Poderia alguém dizer que este tempo passou, pois sacrifícios não são mais necessários. Isso é verdade, mas precisamos entender o significado daqueles sacrifícios.
   No Novo Testamento, este tipo de sacrifício foi realizado por nosso Senhor Jesus Cristo que se entregou voluntariamente para sofrer e morrer pelos pecados da humanidade e,sendo assim obediente, obteve a reconcialiação do homem com Deus. Deus o aceitou de forma definitiva, de modo que nunca mais precisará ser repetido. Desde a morte de Cristo, ninguém mais precisava permanecer sem o perdão para os seus pecados e sem a salvação,pois Jesus já pagou o preço: estendeu-se sobre o "altar" da cruz e se entregou por amor a nós.
   Creio que aquele sacrifício tem a ver também com a nossa vida, pois Deus quer que sejamos um aroma agradável a ele. Isto quer dizer que precisamos consagrar nossa vida a Jesus, colocando-a sobre o seu altar. O apóstolo Paulo recomenda: "Irmãos, rogo-lhes pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês" (Rm 12.1). Para ter uma vida consagrada e agradável a Deus é preciso entregar tudo a ele, como expressa um hino. "Tudo, ó Cristo, a ti entrego, tudo, sim, por ti darei! Resoluto, mas submisso, sempre, sempre seguirei!"
   Que tipo de aroma você tem sido? Seja aroma agradável! Diga: "Tudo entregarei! Sim, por ti, Jesus bendito, tudo deixarei!" -LS

Torne sua vida agradável a Deus
entregando tudo a ele

Pão Diário







Segunda-feira, 26 de julho de 2010



CARTAS

Leitura Bíblica
Romanos 1. 1-7

_________________________________

Este evangelho do Reino será pregado
em todo o mundo como testemunho
a todas as nações, e então
virá o fim
(Mt 24-14)
_________________________________

   Nestes primeiros versículos de Romanos, Paulo se apresenta como servo de Cristo. Ele diz que o único propósito de sua vida era anunciar a boa notícia do evangelho. A mensagem de Paulo era que Jesus, o filho de Deus, veio a este mundo por seu grande amor; foi morto, mas ressuscitou, demonstrando seu grande poder para salvar o homem pecador. O desejo de Paulo era levar pessoas de todas as nações a crerem em Cristo e a serem obedientes a ele.
   Uma notícia importante pode fazer grande diferença. Rejeitar a verdade, acreditando em informações mentirosas, pode nos destruir. Como Paulo, existem muitos mensageiros verdadeiros no mundo. Na Bíblia encontramos caminhos de paz.
   Quando a poetisa inglesa Elizabeth Barret se casou com o poeta Robert Browning, seus pais a deserdaram. Quando os recém-casados se estabeleceram na distante Florença, na Itália, ela amava tanto seus pais que lhes escrevia diversas vezes por mês. Dez anos mais tarde, ela finalmente recebeu um pacote em casa. Sua alegria se foi quando descobriu que o pacote continha  suas cartas, devolvidas sem abrir. Elas têm sido consideradas algumas das mais belas e expressivas em toda a literatura inglesa. Seus pais nunca as leram. Se ficamos impressionados com a frieza dos pais de Elizabeth, pensamos como eles perderam a oportunidade de ler as palavras amáveis da filha, imagine o que nós estamos fazendo quando não lemos a Bíblia, que traz notícias importantes para nossa vida. Precisamos receber sua mensagem, ler as cartas que Deus escreveu para nós. Podemos viver muitos anos empacotando as cartas de Deus e por isso os nossos dias angustiados, separados de quem nos ama. Mas podemos também receber o evangelho do reino de Deus através da leitura da Bíblia e de sua mensagem. Ter a partir daí a alegria que é proporcionada a quem recebe a boa notícia de Deus. HSG

Leia a Bíblia, a grande mensagem de salvação

Pão Diário








Domingo, 25 de julho de 2010



BOA NOTÍCIA

Leitura Bíblica
1Reis 22.1-28

____________________________________

(O Justo) não temerá más notícias; seu
coração está firme, confiante
no Senhor.
(Sl 112.7)
_____________________________________


   Muitos reclamam que os meios de comunicação só trazem más notícias. Todo dia somos informados de tragédias, violência, previsões alarmantes quanto ao planeta, guerras e mortes. Ninguém gosta de só receber este tipo de informação. Acabe, rei de Israel, odiava um profeta porque este nunca trazia boas notícias. Quatrocentos profetas disseram que o rei deveria ir à gruerra e apenas Micaías foi contrário, sendo assim desprezado por todos. Apesar de ser minoria absoluta, foi a profecia dele que se cumpriu e acabe morreu naquela guerra. Em sua agonia, o rei deve ter lembrado do conselho que não ouviu, pois preferiu as profecias favoráveis a ele. A Bíblia diz que Acabe usou sua vida para fazer o que o Senhor reprova, influenciado por sua esposa idólatra (1Reis 21-25), e nem mesmo quando Deus avisou que ele morreria, deu atenção ao Senhor. Esta história nos ensina que não podemos desprezar as más notícias simplesmente porque não nos agradam. Por exemplo, precisamos admitir que a vida cristã não é o "mar de rosas", que alguns pregam por aí: bençãos, saúde, prosperidade.... Seguir Cristo inclui sofrimentos, renúncias, desprezo, ser tachado de ignorante ou ingênio por crer em algo que não se pode ver ou provar cientificamente. Além disso, quem não teme a Deus constantemente nos lembra de que não estamos "aproveitando a vida". Não é muito fácil ser minoria neste mundo e resistir aos apelos de fazer "o que todo mundo faz".
   Mas também há boas notícias para os cristãos. O fiel ganhará sua recompensa na vida eterna e também nesta vida: a benção de viver debaixo da proteção do Senhor, ser moldado e usado por ele, receber seu perdão e sutento, além de tantas provas de seu amor que recebemos a cada dia. Pare de seguir o mundo e ouça o que Deus diz. Se as notícias forem boas ou más não precisamos temer, pois ele estará conosco. - VWR

Nenhuma notícia supera esta:
Deus está no controle de tudo e nos ama.

Pão Diário

sábado, 24 de julho de 2010




REALIDADE


Leitura Bíblica
Tiago 1.9-12

___________________________________

Sejam também pacientes e fortaleça, o seu
coração, pois a vinda do Senhor
está próxima
( Tg 5.8 )
___________________________________

    Deparei-me com um amigo que há muitos anos não tinha visto e surpreendi-me porque quase não o reconheci. Havia mudado com o passar do tempo, e por falta de contato não pude acompanhar essa transformação lenta. Talvez o amigo notasse o mesmo em mim. Na breve passagem que você leu. Tiago afirma que, por melhor que seja a situação material de alguém, não poderá evitar a realidade de "murchar em meio a seus afazeres" (v 11). Empolgado com  o seu sucesso na vida, esquece que está murchando. Vez por outra nota que suas forças diminuem, mas não se detém para considerar que sua vida marcha para o fim. Há quem evite a realidade de modo extremo, buscando o melhor cirurgião para lhe remover as rugas nas faces. Quando um irmão meu convidou alguns familiares a ajudarem na construção da sua casa, nosso pai também se apresentou. Trabalhou com afinco, mas um dia deu sinais de se prejudicar com os esforços. Meu irmão observou: "O problema é que o papai quer trabalhar à altura dos jovens." Na verdade não devemos pensar morbidamente na brevidade da vida, mas é bom sempre lembrar que "nossa cidadania está nos céus, de onde esperamos ansiosamente o Salvador, o Senhor Jesus Cristo" (Fp 3.20).
   Esta é a nossa realidade positiva no versículo salientado hoje: a vinda de Cristo prestes a acontecer. Esta esperança deve orientar nossa atitude para que nossos alvos na vida não degenerem. Feliz o cristão que não se deixa empolgar demais com sua família e profissão e o progresso na vida, e que ao findar do dia eleva o coração a Cristo, pensando na sua vinda na expectativa: "Talvez hoje, Senhor!" Em meio às dificuldades e também das alegrias, anime-se lembrando que a qualquer momento Cristo pode aparecer para nos arrebatar com os milhões de seus seguidores, para servi-lo eternamente. Digamos com o final da Bíblia: "Vem, Senhor Jesus!" - TL

Nossa vida na terra se vai,
mas o nosso Senhor vem!

Pão Diário






Sexta-feira, 23 de julho de 2010


SERVIÇO

Leitura Bíblica
2 Timóteo 2.14-26

_______________________________

Deus não é injusto; ele não se esquecerá
do trabalho de vocês e do amor que
demonstraram por ele, pois ajudaram
os santos e continuam a ajudá-los
(Hb 6.10)
________________________________

   "No serviço do meu Rei eu sou feliz". diz um hino antigo, que porém, contém uma verdade atual. Ele nos faz pensar o quanto podemos ser felizes e satisfeitos servindo ao Rei Jesus. Então surge a pergunta: o que tenho feito por Jesus? Qual a minha participação no crescimento da igreja da qual sou membro? Faço ou apenas falo dos que fazem?
   Certa vez estávamos realizando um mutirão de limpeza em uma igreja após o término da sua contrução. Para isso, muitos membros foram convidados a ajudar, mas poucos apareceram. No final do dia, enquanto o trabalho terminava, íamos agradecendo às pessoas e desejando-lhes a bênção de Deus. Para surpresa nossa, uma irmã muito humilde disse: "não precisa agradecer, é a casa do meu Pai, logo deve estar bem arrumada". Certamente ela foi aprovada por Deus e é um exemplo para mim, já que a "casa de meu Pai" de que ela falou, também é minha.
   Por outro lado, muitas pessoas não gostam de servir na casa do Pai, e, por meio de falatórios inúteis, acabam se encaixando no texto lido. O texto é de uma carta escrita pelo apóstolo Paulo ao jovem pastor Timóteo, enfatizando alguns itens sobre como ele deveria proceder na casa de Deus. Foi necessário ele dizer isso porque, enquanto alguns trabalham na obra de Deus, muitos servem de tropeço, como os citados Himeneu e Fileto. Por outro lado, "se alguém se purificar dessas coisas, será vaso para honra, santificado, útil para o Senhor e preparado para toda boa obra". - Deus quer nossa purificação e santificação, pois há muita boa obra a ser realizada "no serviço de meu Rei". Muitas pessoas na igreja apenas criticam e criam atritos entre aqueles que estão servindo fielmente. O melhor que se tem a fazer é servir a Deus. Enquanto isso, ele cuida de quem serve. - VS

Seja alguém útil no serviço de Deus



Pão Díário




Quinta-feira, 22 de julho de 2010

VOLUNTÁRIOS

Leitura Bíblica
Romanos 16. 1-15

___________________________________

Nunca lhes falte o zelo, sejam
fervorosos no espírito,
sirvam ao Senhor
(Rm 12.11)
___________________________________

   O voluntariado está em alta. Muitas pessoas estão procurando desenvolver estas atividades, sem remuneração nem vínculo empregatício, porque isto conta pontos na seleção para um emprego. Os especialistas em recursos humanos identificam no voluntário responsabilidade, iniciativa, habilidade para administrar o tempo e capacidade para trabalhar em equipe. Além disso, é um modo de ajudar as outras pessoas e instituições. O texto que lemos hoje é uma lista de pessoas que trabalhavam na igreja no tempo do apostólo Paulo. É uma lista de voluntários. Paulo enviou saudações àqueles servos de Deus. O serviço cristão é voluntário porque depende de vontade e iniciativa de quem o faz. Ensinar a Bíblia, arrumar  as cadeiras antes de um reunião, receber visitantes na igreja - não há recompensa financeira por isso, somente o prazer de servir ao Senhor e de contribuir para o bem-estar de seus irmãos. Muitas vezes esse serviço não é reconhecido, e há sempre alguém disposto a reclamar se algo não está perfeito. Porém, quando é feito para agradar somente a Deus, é o reconhecimento de nosso Senhor que basta.
   De acordo com Pedro, aqueles que buscam servir a Deus não devem fazê-lo por seu próprio esforço, mas na força dada por Deus, para que tudo o que for feito glorifique a Deus (1Pe 4.11) - e não a quem serve. Portanto, lembre-se de que o serviço cristão é algo que você oferece a Deus para agradá-lo, nunca um meio de obter benefício próprio.
   Então, com a força que Deus dá, sirva-o de coração voluntário, não por obrigação ou esperando recompensas ou elogios. Use os talentos e dons que você recebeu de Deus para ajudar as pessoas em sua igreja, sua comunidade, seu país. Você serve a Deus quando serve às pessoas que ele ama! VWR

Para fugir do serviço, as razões são muitas;
para prestá-lo, basta uma: O AMOR

Pão Díário





Quarta-feira, 21 de julho de 2010


FONTE DE PAZ

Leitura Bíblica
Números 6.22-27

______________________________

O Senhor volte para ti o seu rosto
e te dê a paz
(Num 6.26)
______________________________

   O poeta Carlos Drummond de Andrare, em seu poema Apelo a meus dessemelhantes em favor da paz, quase que em desabafo deixou claro que ansiava por um pouco de paz, mas não conseguia obtê-la. Em um raro momento, pois foi sempre muito reservado em relação a seu sentimentos, abriu o coração, utilizando a ferramenta poética, e se declarou desencantado com a fama e descontente com o assédio dos fãs e da imprensa. Enfadado com as destas e bajulações, autodenominou-se "Velho Cansado", pediu respeito e declarou que desejava paz. Ele queria a paz das estepes, a paz dos descampados, a paz do Pico de Itabira, a paz de cima das Agulhas Negras, a paz que pensava encontrar muito abaixo da mina mais funda de  Morro Velho. Enfim, queria "a paz da paz", como disse encerrando o poema. Assim como esse poeta, a maioria das pessoas vive uma busca desesperada por paz. Alguns pensam que podem encontrá-la na fama, onde o poeta não a encontrou, outros imaginam poder vê-la no sucesso, onte o poeta não a viu, alguns imaginam que ela está no isolamento, como parece que o poeta também imaginou, mas não a encontraram. Não a encontraram porque a paz só pode ser encontrada em Deus e não por aí.
    O texto de hoje apresenta a bênção sacerdotal, Mostra que é Deus quem pode dar a paz a seu povo, pois é a fonte da paz. Por isso os sacerdotes, por orientação divina, abençoavam o israelitas invocando a paz de Deus sobre eles.
   Não adianta busca a paz onde não há. Ela não está em lugares, pessoas ou situações especiais. Só Deus é quem pode concedê-la. Se você está inquieto neste dia, ansioso, com falta de paz, quero lembra-lhe: coloque seus temores diante de Deus, em oração, e aguarde a promessa bíbllica se cumprir em sua vida - a paz de Deus, que ultrapassa o nosso entendimento, há de guardar seu coração (Fp 4.7), seja qual dor a situação em que você se encontra - ARG

Você busca paz? Então, procure a fonte: Deus

Pão Diário










Terça-feira, 20 de julho de 2010

O ÚNICO

Leitura Bíblica
Números 17.1-13

________________________________

Não há salvação
em nenhum outro
(At 4.12a)
_________________________________

   Naquela manhã, todo o povo estava curioso para ver o que havia acontecido com as doze varas colocadas por Moisés na Tenda. Tiveram uma grande surpresa quando viram que uma delas florecera e até frutificara! Deus fez o milagre para mostrar que escolhera somente Arão e seus descendentes para exercer o sacerdócio. O sinal fez calar os rebeldes, que haviam exigido que as doze tribos fossem reconhecidas como absolutamente iguais e com o direito de servir a Deus na Tenda.
   Você já notou que hoje há quem pense que todas as religiões levam o homem a Deus? Será verdade? No Antigo Testamento lemos as profecias sobre a vinda do Messias, palavra que significa " o ungido", ou seja, aquele que é consagrado por Deus. Não seriam vários Messias, mas apenas um. Assim, quando chegou o tempo determinado, Jesus tornou-se carne e viveu entre os homens. (Jo 1.14).
   Observe que Deus fez a vara que reprensentava Arão florescer, marcando-a como sendo a única escolhida por ele, para mostrar a quem seria permitido servi-lo na Tenda, e mandou que a guardassem como um sinal da escolha divina e uma advertência aos rebeldes. Quando Jesus ressuscitou dentre os mortos, foi como aquela vara que reviveu, e assim como ela foi guardada viva, o Messias, subiu ao Pai e vive para sempre como o único mediador entre Deus e os homens (1Tm 2.5).
   Segundo Paulo, Jesus  "foi declarado Filho de Deus com poder, pela sua ressureição dentre os mortos" (Rm 1.4). Qual outra figura histórica recebeu tal distinção como único salvador? E mais: Deus lhe deu o nome que está acima de todo nome para ser universal e eternamente homenageado como o Senhor, para a glória de Deus Pai (Fp 2.9-11). Jesus é único, e por isso, você pode segui-lo com toda a confiança e firmeza. Para agradá-lo, ame-o sinceramente, siga sua Palavra e converse com ele diariamente. Tenha-o sempre como seu amado e único Senhor! - TL



Jesus Cristo é o único caminho que leva a Deus

Pão Diário







                                     


                                               

                                                   Segunda-feira, 19 de julho de 2010


  


SÓ UM POUCO?

Leitura Bíblica
Provérbios 4. 10-19

________________________________

O caminho dos ímpios é como
densas trevas, nem se quer
sabem em que tropeçam
Pv 4:19
________________________________

   São dois caminhos; o do justo e o do ímpio. "Justo" é quem entendeu que não dá para viver à revelia de Deus, entregou sua vida a ele e o busca de coração obediente. Sabe que o caminho de Deus é melhor. Porém o texto adverte: não ande pelo caminho do ímpio (pessoa sem Deus). Mas então seria possível ao justo andar em caminhos errados?
   Acho que não estou só quando admito que muitas vezes agi como um menino que tem de ficar em casa, mas olha pela janela os outros brincando no frio e na chuva diz: "Ah,  seu eu pudesse..." O "departamento de propaganda" do mau caminho é tão eficiente que o faz parecer muito melhor do que jamais poderá ser.
   Não raro, justos tropeçam no caminho dos ímpios.Dentre os casos lamentáveis que conheci, inclusive entre alguns líderes da igreja, todos começaram com "só um pouquinho" - talvez apenas uma ligeira permissão à mente para fantasiar.
   Uma das causas de grandes ruínas morais é alguém acreditar ser mais forte do que é, achar que  terá forças para andar "só um pouco" pela estrada tortuosa e dela sair quando quiser. Mas quando lá se pisa, a escuridão é tão densa que nem dá para saber no que se tropeçou. Se alguém acostumado a andar na luz resolve dar uma volta em um lugar muito escuro, seguramente tropeçará com muito mais facilidade do que outro que lá já estava.. Certa madame queria contratar um motorista; como teste, perguntou aos diferentes candidatos: "A que distância você passaria do muro com a minha limusine?" Sabiamente, ela contratou o que respondeu: "O mais longe possível!".
   O caminho da justiça não tem lugar para trevas, mas brilha cada vez mais até chegar à plena claridade do dia (v18). A propaganda enganosa diz que o caminho do ímpio é agradável, mas o sábio se afasta das trevas,pois sabe que é muito melhor ter a semelhança daquele que é a Luz, Cristo. - MHJ

"Só um pouco" pode fazê-lo perder o caminho e tropeçar.

Pão Diário






Domingo, 18 de julho de 2010
                                     



A VIDA EXEMPLAR CRISTÃ
O AMOR FRATERNAL

"Finalmente, sede todos de igual ânimo, compadecidos, fraternalmente amigos, misericordiosos, humildes, não pagando mal por mal ou injúria por injúria; antes pelo contrário, bendizendo,pois para isto mesmo fostes chamados, a fim de receberdes bênção por herança.
Pois
quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a lingua do mal
e evite que os seus lábios falem dolosamente;
aparte-se do mal, pratique o que é bom, busque a paz e
empenhe-se por alacançá-la.
Porque os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos às suas súplicas, mas o rosto do Senhor está contra aqueles que praticam males"
1 Pedro 3. 8-12

    Muitos relacionamentos desenvolvem um padrão de interação, pagando o "mal com mal" ou insulto com insulto. Pedro percebeu que, para alcançar intimidade, ambas as partes devem cultivar o padrão de Cristo de retribuir com bênção mesmo depois de receberem tratamento que provoque mágoa ou seja injusto. Essa reação  é característica distintiva da ética cristã (veja Mt 5.43-46; Rm 12. 17-21). Pedro citou três razões para essa reação incomum à mágoa; aquele que abençoa outras pessoas receberá bençãos em retribuição (v 9); reações positivas produzem uma atitude de satisfação e amor pela vida (v 10); e Deus ouve as orações dos que seguem esse padrão e volta sua face contra os que não seguem o mesmo (v.12) . Buscar a paz, preseguí-la e disciplinar a lingua traz recompensas práticas.

É sábio aquele que procura esses objetivos
em todos os relacionamentos.

"À lingua é úmida e é mais propícia a escorregões"

"Os dentes podem ser postíços, mas a lingua não"

sábado, 17 de julho de 2010



                                       


EXPERIÊNCIAS QUE MARCAM

Leitura Bíblica
Lucas 2.8-9

______________________________

Como são belos nos montes
os pés daqueles que anunciam
boas novas
(Is 52-7)
_______________________________

   Entre 1960 e 1970 cooperei com a Cruzada Mundial de Literatura como supervisor, distribuindo de casa em casa dois folhetos sobre o evangelho. Estava atuando em Santana do Livramento (RS), na fronteira com o Uruguai. Certa manhã, cheguei a um lugar onde havia um casebre muito humilde. Vi uma panela pendurada sobre umas brasas, onde alguém cozinhava aipim (mandioca), mas não havia minguém por ali. Deixei os folhetos sobre o toco de árvore que servia de cadeira. Estava indo embora quando ouvi uma voz de uma mulher. Ela gritava, quase desesperada, repetindo:
   - Você é um anjo?
Parei e vi uma senhora de pequena estatura, toda enrugada, pálida, aguardando a minha resposta.
   - Porque a senhora perguntou se eu sou um anjo?
E ela contou a história:
   - Meu véio foi para cidade com um saco de mio para comprar uma caixa que fala do céu. A caixa diz  como a gente cai para o céu. Ele foi ontem e não voltou. Mas nesta noite eu sonhei que hoje vinha um anjo. Eu nunca vi um anjo, não sei como se parece. Eu vi você chegá e me escondi. O senhor é um anjo? Confesso, fiquei impressionado. Senti arrepios e não pude conter as lágrimas. Voltei com aquela senhora para o rancho. Como ela era analfabeta, li a mensagem dos folhetos e ela decidiu receber Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador. Quanto à caixa que falava do céu, tratava-se de uma aparelho de rádio distribuído por uma entidade missionária de Montividéu sintonizado numa emissora evangélica.
   Assim como os pastores do texto de hoje levaram adiante a mensagem que receberam, o "anjo! (mensageiro) do sonho daquela senhora chegou ao seu casebre com a mensagem do céu. Deus usa pessoas comuns, como eu e você, para fins muito maiores do que imaginamos. - HM


Deixe Deus usá-lo como mensageiro de sua Palavra

Pão Diário












Sexta-feira, 16 de julho de 2010

CRÉDITOS

Leitura Bíblica
João 20. 19-20

________________________________
"Disse-(lhe) Jesus:  "Eu sou a
ressurreição e a vida. Aquele que
crê em mim, ainda que morra, viverá;
e quem vive e crê em mim, não morrerá
eternamente. Você crê nisso?"
(Jo 11.25-26)
________________________________

    Quem concede crédito chama-se credor, ou seja, é alguém que crê que o outro honrará aquele crédito - em geral, quitando um empréstimo. Na prática, porém, não é bem assim. Já se disse que o bancos só concedem crédito a quem consiga antes provar que não precisa dele. Sobra, portanto, muito pouco em que crer. Pensando bem, sobra só o nome, a substância perdeu....bem, perdeu o crédito. Não critico os bancos. Eles precisam precaver-se contra calotes - e qualquer indivíduo prudente fará o mesmo. Isto, porém, e  mais as mentiras que ouvimos o tempo todo, criou em nós o hábito de não crer. Exigimos provas, e quem assume riscos tende a parecer irresponsável ou tolo. Temos bastante em comum com Tomé, de quem lemos hoje. Não é de admirar, então, que a fé cristã seja mal vista, e não é de hoje. Já nos primeiros anos da era cristã, Paulo reconheceu que sua mensagem parecia loucura (1 Co 1). Crer é fundamental para ser cristão, mas não se trata de admitir uma fábula qualquer. Os apóstolos Pedro e João atestam a veracidade do evangelho como testemunhas oculares (2 Pe 1.16; 1Jo 1.1). Com efeito, trata-se de crer na mensagem da Bíbllia, a saber, de que precisamos acertar nossa vida com Deus arrependendo-nos da nossa rebeldia contra ele e aceitando sua oferta de reconciliação por meio de Jesus. Significa dar crédito a Deus sem outra garantia além da  sua Palavra. Para quem sempre requer provas, é um desafio que parece abusivo, mas não há alternativa. Ou corremos esse risco, ou nada feito. A promessa para quem crê é uma completa restauração de vida. Posso atestar isso, mas assim como não posso provar que o mel é doce e você só o saberá se o experimentar, assim é com este desafio aparentemente abusivo, resumindo no versículo em destaque acima. Agora só falta responder a ele - RK



Crer, ver, entender -
é nesta ordem que se leva Deus a sério.



Pão Diário


Quinta-feira, 15 de julho de 2010

MINHA CIDADE

Leitura Bíblica
Salmo 87
_________________________

Procurai a paz da cidade,
para onde vos desterrei, e
orai por ela ao Senhor. Porque
nas sua paz vós tereis paz.
(Jr 29.7 ARA)
__________________________

   A Bíblia cita muitas cidades. Algumas delas existem até hoje, outra não mais. Gosto muito da cidade onde moro. Ela é maior que muitos países em populção, renda e, creio,que tem muitos problemas também: é violenta, poluída e atravancada, mas é onde Deus me fez nascer e viver. Não tive boas experiências ao mudar-me para outra cidade mais calma, mas como o Senhor é soberano, grandes lições foram tiradas dali. O melhor foi voltar e aprender a amar o lugar onde o Senhor me colocou, com oportunidade para criar meus filhos, exercer minha profissão, ganhar meu pão. Gosto do campo e amo a praia, mas vivo na cidade, ciente também dos estragos causados nela pela cultura e a ignorância, com conflitos e com a solidão.É  nesses ambientes caóticos que Deus trabalha e nos ensina.
   Deus agiu contra Sodoma e Gomorra quando ali a maldade passou do limite, Jericó caiu diante das trombetas de Israel, Jonas, por sua vez, pregou à cidade de Ninive e esta foi poupada pelo arrependimento de seu povo - e Jesus chorou diante de Jerusalém que o rejeitou.
   Um dia haverá novo céu e nova terra. Haverá uma nova Jerusalém, o que me faz pensar que encontraremos com o Criador. Por isso o versículo de hoje tem muito a nos dizer: orar pela cidade em que vivemos. Ore pelo governador, o prefeito, os vereadores. Ore pelos secretários. Que tenham sabedoria para com maturidade oferecer qualidade de vida. Ore pelos profissionais que ganham seu dia-a-dia com honestidade e para que, se não o fizerem, caiam em si. Ore pelas pessoas solitárias que pensam em suicídio. Pelas que estão em sala de espera nos hospitais e pelas internadas. Que Jesus nos dê ousadia de fazermos diferença na cidade em que ele nos colocou, dando dabedoria para transformar nossa vida - AP

A cidade em que vivemos necessita sempre de oração

Pão Diário





Quarta Feira, 14 de julho de 2010


PERGUNTAS

Leitura Bíblica
Salmo 10.1-12

_________________________________

Até quando Senhor?
(Sl 13.1a)
__________________________________


   Quem tem filhos pequenos sabe o que é ter de responder às suas muitas perguntas. Quem não sabe, pergunta : as dúvidas dos alunos aumentam o seu conhecimento; um inquérito apura as razões de um caso; um jovem questiona-se como pode formular uma proposta de casamento para receber a resposta que tanto deseja. No texto de hoje, vemos o salmista derramar seu sentimento perante Deus,perguntando por que o Senhor estava longe enquanto ele se via ameaçado e precisava do pronto-socorro divino. Descreveu a vida dos ímpios, como se Deus não os conhecesse, demonstrando que esperava a ação de Deus como resultado de sua oração: "Tu, Senhor, ouves a súplica dos necessitados" (v 17). Nosso bondoso Deus gosta de ouvir o nosso coração se derramar na hora da crise, quando não sabemos a razão do sofrimento. Agimos como um bebê que chora quando sente que sua mãe não atende. Jesus também clamou ao Pai em sua agonia: " Por que me abandonaste?" (Mt 27.46). Apesar de saber que nossa salvação dependia de seu sofrimento, ele expressou o que sentia. Deus não nos ama menos quando espontaneamente externamos o que pesa sobre o nossos corações. Há horas em que Deus parece tardar demais para nos dar a resposta e perguntamos até quando ele ficará em silêncio. Isso acontece, por exemplo, quando um documento não fica pronto; um ente querido permanece doente; a promessa de emprego não dá certo; um amigo continua longe de Deus apesar de nossas orações....
   Em outra ocasião, descrito no salmo 13, Davi estava prestes a ser capturado e esperava a libertação, mas a resposta não vinha....e não vinha! Então ele clamou ao Senhor: "Até quando terei inquietações e tristeza no coração dia após dia?" (v 2). Deus retardou a resposta, pois queria a atenção e adoração do seu servo, de coração tranquilo e satisfeito, vindo a resposta logo ou mais tarde. Foi então que Davi cantou "Eu, porém, confio em teu amor" (v 5). Faça o mesmo : confie no Senhor! - TL

Apresente suas perguntas ao Senhor
e espere dele a resposta.


Pão Diário




                                                  
                                                    Terça-feira, 13 de julho de 2010




MARCAS

Leitura Bíblica
Mateus 5.13-16

__________________________

Para Deus somos aroma
de Cristo
(2Co 2.15)
__________________________

   Qual é a sua marca pessoal? Como os outros o percebe,? Que características sobressaem quando as pessoas se referem a você? Os profissionais de branding - construção da marca pessoal - costumam fazer essas perguntas aos seus clientes. Acho que podemos transferir essas perguntas para nossa marca pessoal como cristãos. Como somos vistos? Como nos vemos? Que características marcantes temos? No sermão da montanha Jesus afirmou que seus seguidores são o sal da terra e a luz do mundo. E isso não é o que "devemos ser", mas o que "já somos" por definição - a nossa marca pessoal que define nossa ação! Todavia, se nosso sal não salga e se nossa luz não brilha, perdemos a identidade e a razão de ser, tornando-nos nulos em nossa essência e missão no mundo. Tal como o sal, cristãos exercem uma atitude positivamente subversiva, tornando melhor e mais agradável o ambiente onde estão, misturando-se ao todo, influenciando positivamente, impedindo a deterioração moral e ética e, isso tudo por vezes de maneira imperceptível. Assim é a ação do sal na comida: você sente que ele está lá mesmo que não o veja. E quando ele não está, faz a maior falta! Igualmente, tal com a luz que revela o que está oculto, mostra caminhos e possibilidades, temos essa ação também. Como a cidade que não consegue se ocultar, assim nosso caráter e compromisso real com Cristo, existindo, fica evidente diante das pessoas. Mas eu pergunto: é assim que os outros percebem você? Sua presença traz bem-estar e alegria a quem está à sua volta? Ou você é o tipo de pessoa que, quando chega, todo mundo muda de assunto porque "o general chegou"? Que tipo de imagem você transmite às pessoas quanto ao que significa ser cristão? Que tipo de imagem você observa nas pessoas que se denominam como cristãs? Que o próprio Deus construa uma nova realidade dentro do nosso ser para que sejamos sal e luz em meio a falta de gosto e escuridão. - WMJ

Um cristão verdadeiro é como um bom perfume:
deixa uma boa lembrança por onde passa.




  Segunda Feira, 12 de julho de 2010



ANSIEDADE

Leitura Bíblica
1 Pedro 5.6-7
_______________________________

Não se preocupem com o amanhã,
pois o amanhã trará as suas próprias
preocupações. Basta a cada dia
o seu próprio mal.
(Mt 6,34)
_______________________________

   Cada vez é mais comum vermos pessoas em constante ansiedade e grande irritação. Estar perfeitamente em paz em meio à rotina diária tumultuada é um grande desafio para a maioria das pessoas. No entanto, inquietar-se ou agitar-se não torna ninguém mais forte nem ajuda a escapar dos problemas; pelo contrário, estraga vidas que de outra forma seriam úteis e belas.
   A inquietação, a ansiedade e as preocupações na vida são até proibidas por Deus, como diz o versículo em destaque hoje. Por que Deus proibe a ansiedade? Porque ele sabe o quanto ela nos atrapalha. Por outro lado, a ansiedade não leva a lugar nenhum. Não conseguimos absulutamente nada tentando resolver hoje os problemas de amanhã. Não quer dizer que não devamos preparar-nos ou ter alvos e metas na vida; mas sim que não nos devemos inquietar com as coisas que estão fora do nosso alcance. Jesus pergunta: " Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?" (Mt 6.27). O que Jesus diz é que não devemos gastar as nossas energias com coisas que não levam a nada. Pesquisas constatam a maior parte (há quem fale em 90%) das coisas com as quais as pessoas se preocupam ( isto é; se "pré-ocupam", ou seja, ocupam-se ante do tempo) nunca vêm a acontecer. Portanto, 90% da energia jogada no lixo.
   O Cristão não tem nenhuma razão para ficar ansioso por qualquer coisa. Sua vida está nas mãos de Deus, pertence a ele, que toma conta dela. Pedro diz que devemos lançar nossas preocupações sobre Jesus, porque ele toma conta de nós. O verdadeiro cristão não tem nenhuma razão de viver preocupado ou ansioso, porque tem alguém que cuida de tudo muito melhor que ele: Jesus Cristo. E na hora certa, diz Pedro, Deus vai exaltá-lo. Você tem dificuldades com isso? Aprenda a confiar em  Jesus . - HS

Você nunca cairá mais fundo do que nas mãos de Deus

Pão Diário